Serviço de Apoio Domiciliário

O SAD consiste na prestação de cuidados individualizados no domicílio, a indivíduos e famílias que por motivos de dependência física ou psíquica não possam assegurar, temporária ou permanentemente a realização das atividades de vida diárias. A equipa do SAD é constituída por profissionais qualificados para lhe prestar serviços de qualidade mediante as suas necessidades de modo a proporcionar-lhe uma melhor qualidade de vida.

Apoio na alimentação: no domicílio ou distribuição de marmita;

Higiene habitacional;

Higiene pessoal;

Tratamento de roupa;

Aquisição de bens e serviços;

Outros Serviços.
 

Candidatura

Para poder beneficiar do SAD deverá candidatar-se através do preenchimento da ficha de inscrição no gabinete técnico da resposta social. Aquando da inscrição deverá fazer-se acompanhar dos seguintes documentos:

Identificação civil do candidato e do seu representante, quando necessário; 

Cartão de Contribuinte do candidato e do seu representante, quando necessário; 

Cartão de Beneficiário da Segurança Social do candidato e do seu representante, quando necessário; 

Cartão de Utente dos Serviços de Saúde ou de subsistemas a que o candidato pertença; 

Boletim de vacinas e relatório médico, comprovativo da situação clínica do candidato, quando solicitado.

Declaração assinada pelo utente em como autoriza a informatização dos dados pessoais para efeitos de elaboração de processo de utente; 

Comparticipações Familiares 

A comparticipação familiar corresponde ao montante variável pago pelos utentes e/ou famílias, pela utilização dos serviços prestados pelo SAD, em função dos serviços contratualizados e dos rendimentos auferidos pelo agregado familiar.

O cálculo da comparticipação familiar é realizado com base nos normativos em vigor, regendo-se pela seguinte fórmula:

RPC = (RAF/12 - D)/n

Sendo: 
RPC = Rendimento per capita mensal 
RAF = Rendimento do agregado familiar (anual ou anualizado) 
D = Despesas mensais fixas 
n = Número de elementos do agregado familiar 

Consideram-se despesas fixas mensais:

Valor das taxas e impostos necessários à formação do rendimento líquido;
Valor de renda de casa ou prestação mensal devida pela aquisição de habitação própria e permanente;
Despesas com transporte até ao valor máximo da tarifa de transporte da zona de residência;
Despesas com  saúde e aquisição de medicamentos de uso continuado em caso de doença crónica.

Critérios de Admissão

SUGESTÕES, RECLAMAÇÕES E LOUVORES

As suas sugestões e/ou reclamações são muito importantes para nós porque, através delas, podemos melhorar os serviços que prestamos. 

SUGESTÕES E LOUVORES: Pode colocar as suas sugestões e/ou louvores na caixa de “SUGESTÕES” existente para o efeito na entrada da Santa Casa da Misericórdia de Ribeira de Pena junto à secretaria ou, se o quiser fazer pessoalmente, pode comunicá-las ao Responsável da Resposta Social.

RECLAMAÇÕES: No caso de reclamação sobre a qualidade do atendimento ou dos serviços prestados, pode utilizar o Livro de Reclamações que existe na SCMRP, bastando para este efeito que o peça ao  colaborador da Secretaria. 

Pode ainda utilizar o email sad@scmrpena.pt para enviar as suas sugestões  e louvores ou reclamações. 

O SAD da SCMRP funciona de segunda a sexta-feira das 8.00h às 18.00h, sendo que o horário de prestação dos serviços é estabelecido de acordo com as necessidades de cada utente.

O SAD não presta serviço aos sábados, domingos, feriados, dia 24 de Dezembro e dia de Carnaval.

Em situações de intempéries, sempre que a deslocação do colaborador ao domicílio coloque em risco a sua segurança, o SAD não presta o serviço ao utente.

O Gabinete Técnico da Sede funciona de segunda a sexta-feira entre o período das 9h às 12h30 e das 14h às 17h30. 

EQUIPA TÉCNICA: 
Sara Pereira
António José Vasques
Isabelle de Carvalho

Morada:
Lugar do Cavalinho  nº 4 
4870-150 Ribeira de Pena

Contactos:
Telefone: 259 490 260
Fax: 259 490 269

sad@scmrpena.pt

Residir na União de Freguesias de Salvador e Santo Aleixo de Além Tâmega ou Santa Marinha, do concelho de Ribeira de Pena;

Isolamento, ausência de apoio familiar e/ou risco/vulnerabilidade social;

Pessoas socialmente carenciadas;

Ser familiar direto de utente da SCMRP;

Grau de dependência;

Idade;

Encaminhamento de outros organismos da sociedade;

Utente de outra Resposta Social que já não é satisfatória.

Em igualdade de circunstâncias são considerados como prioritários os casos de maior dependência ou vulnerabilidade social.

Horário de Funcionamento

A SCMRP encontra-se situada em Ribeira de Pena, com fácil acesso pela A7, ou pela estrada nacional nº 312.